Week War #40: A Lista de Schindler


Fala Camaradas! Conseguiram se manter longe dos estupradores? Eu espero que sim. Hoje estamos com uma edição mais do que especial, esse é o Week War de número 40, mostrando que temos muito o que comemorar essa semana.

E o tema escolhido para acompanhar os segmentos dos shows nessa grande edição, foi sugerido pelo nosso grande amigo Ferrer (que nem comenta mais os quadros), e que ótima sugestão. O tema é nada mais nada menos que os escândalos de estupros de Hollywood, se eu não for processado por falsa acusação eu nem comemoro.

Então apanhe seu preservativo no SUS mais próximo, pegue sua passagem pro México pra curar seu HIV, e vamos em frente com o quadro mais kibado da cidade.


AVISO: O TEMA "ESCÂNDALOS DE ESTUPROS EM HOLLYWOOD" ACABA TRAZENDO UMA ENORME NEGATIVIDADE AO QUADRO E DEIXANDO-O EM UM CLIMA MAIS PESADO QUE O REGIS, SE VOCÊ FOR FEMINISTA, TAXISTA, MAQUINISTA, OU UMA PESSOA NORMAL NÃO LEIA!

RAW (04/12/2017)

Aí meu pai é meu herói ta ligado?
Desgraça + Desgraça = Luta Boa?????

O Raw do melhor dia do ano começou daquele jeito que instiga todos nós ao suicídio, com mais uma vez Jason Jordan provando ser um mimadinho de merda, que não respeita nem o próprio pai, muito pelo contrário, ele adora impor regras até para o seu pai adotivo. Vacant então faz sua entrada e já da uma cutucada em Jordan, dizendo que se este quer participar da exibição solo pelo Intercontinental Champion ele precisa merecer, não apenas obrigar seu papai a lhe dar. Mas como no Raw as coisas não funcionam na base da meritocracia, Jordan armou a maracutaia e logo conseguiu a chance da apresentação. E o pequeno Jason ainda conseguiu fazer uma apresentação solo aceitável, que agradou boa parte do júri, apesar de eu não ter achado uma grande coisa, mas deve ser meu clubismo falando, infelizmente (ou felizmente) o filho do Angle não conseguiu faturar o cinturão, mostrando que essas apresentações estão cada vez mais difíceis e perigosas. Como a luta agradou a todos não faz sentido eu avaliar de outra forma que não seja aquele ponto "nova Lica em Malhação", apesar do Jason não me agradar ele mereceu essa, e ainda a invasão do Samoa Joe após o combate também me animou um pouco, apesar de todo mundo atacar todo mundo e eu ficar um tanto confuso, mas a única coisa que eu posso fazer é torcer o máximo pro baleião surrar o Vacant e liquidar o Intercontinental Champion, vamos lá fada do dente, realiza aí pra nois.

E pra começar no maior alto astral e vibe setentista, o primeiro da minha lista é Danny Masterson, esse belo senhor que tem uma face bem nobre. O nosso Sami Zayn criminoso ficou conhecido por fazer parte daquele seriado que contava a história dos anos de chumbo da ditadura brasileira (pelo menos é o que deveria contar com o nome de "That '70s Show"). Mas é claro que ele não ficaria se limitando a participar dessa série que ninguém assiste, ele logo quis expandir seus horizontes, e assim foi recrutado pra esse novo projeto de estupro/abuso em Hollywood, e eles conseguiram manter esse projeto desde 2000 sem vazar nenhuma informação, então mesmo sendo demitido pela Netflix, ele ainda tem esse trampo que ele contracenou com três molieres, é pouco ou quer mais?

Em um momento de furia, Paige abre o bocão de uma forma que ela só fez uma vez na vida
Dezembro Vermelho vs. Sadsha Banks

Depois do segmento mais triste do ano na semana passada, Sasha Banks enfrentou Paige, que estava em sua primeira luta após a prostituição, internação, e todo o processo de desintoxicação da nossa branca de neve. A luta em si foi morna, não teve muita coisa grandiosa mas marcou a primeira vitória da Paige após o seu retorno, e também queria citar que RamPaige é um puta nome criativo pra finisher, gostei muito. O segmento foi bom pra Paige crescer mais um pouco depois do seu regresso, minha única reclamação é pra que isso não se transforme num Team Face vs. Team Heel, como eu já critiquei muitas vezes quando a Natalya estava com seu esquadrão. A Absolution é maneiro, também seria interessante ver as outras se juntando pra derrota-las, mas nada muito repetitivo, o que me da segurança é a Alexa não estar se metendo nessa, só deixando as vadias se destruirem enquanto ela fica com o cinturão. No mas, segmento vai ficar com aquele ponto "gosto musical do Coppy" pela vitória da Paige, e por tudo o que a Shield das molieres do Raw ainda podem causar nesse mundão.

Falando em pessoas com AIDS, outra vítima dessa nova moda de Hollywood é nosso querido Charlie Sheen, mas como já poderíamos imaginar o nosso herói não faria algo simples, então foi misturado também com pedofilia, por sorte o garoto que foi violentado conseguiu pegar a fase mais jovial de Charlie, apenas com 19, ainda não contraído nenhuma DST (será?). Esse é mais um caso que prova que ou se morre como herói, ou vive-se o bastante para se tornar o vilão.

Não olha pro lado quem ta passando é o bonde
Japa Japa Girl vs. Lover do Ferrer

Se nos anos 40 o Japão falhou em conquistar o mundo, parece que finalmente eles estão tendo uma nova oportunidade de transformar o mundo em um grande anime, ou pelo menos a divisão feminina do Raw. A Foxy até tentou, e até se esforçou bastante, mas no final a nossa Japa Japa Girl sempre vence, me lembra um pouco do Furia, que hypa, hypa, mas no final nunca posta nada kkkkk #gratuito. E no final do combate, tivemos mais uma cena triste na divisão feminina, primeiro a Absolution entrou, e então vimos Asuka honrando os japoneses e fazendo de conta como se a Foxy fosse a Coreia, largou ela lá e vazou, deixando-a nas mãos das americanas e sovietes da Absolution. Mais uma aventura da Asuka no main roster, e mais um linchamento do covil da Paige, tem coisa melhor? Sim, tem sim, eu usar o ato institucional imposto pelo Ferrer em sua própria lover, então pode tocar mais um ponto positivo automático para a japonesa, e um brinde a nova fase dessa divisão.

Louis C.K. provou ser realmente muito engraçado nas suas acusações de assédio, ensinando a todos nós que sacar a peroca do nada não é algo normal, confesso que fiquei muito surpreso com isso, no meu tempo isso era mais do que comum, outra prova do quanto a sociedade está chata. E ainda confesso que assim como fiquei com pena da Foxy, também fiquei com pena do pequeno Louis, e ainda digo que seu pedido de desculpas me convenceu, além de ter me ensinado que "quando você tem poder sobre outra pessoa, pedir para elas olharem para o seu pênis não é uma pergunta", isso sem dúvidas é um grande ensinamento, levem pra vida.

Pense como o El Jefe e então verás a anomalia desta imagem
Árbitro de Vidro vs. BoJack Dallas

Como sempre nem tudo são flores no Raw, na verdade quase nada pode sentir o doce aroma da primavera na brand vermelha. Finn Bálor e Bo Dallas se enfrentaram em mais um daqueles combates pra preencher planilha no Excel. Bálor obviamente vencendo e o medo de ele estar a participar de sessões com brutamontes ronda em minha cabeça, é melhor apenas morar no agora, e o agora me diz que esse segmento merece um ponto Spotify, porque eu sou a lei desse troço.

Agora é a vez da juventude, se você acha que para entrar na modinha do estupro precisa ter mais de 40 anos no mínimo, Ed Westwick veio para mudar seu pensamento, a pequena Kristina Cohen acusou o rapaz, podemos diagnosticar isso de duas formas, ou ela apenas acusou pra ganhar aquela popularidade (já que eu nem conhecia a desgraçada), ou o Ed estuprou mesmo porque estava em depressão por participar de uma série tão merda como Gossip Girl, então eu prenderia os dois, só por precaução.

Sou Ancap =D
Matt Hardy e seu fanatismo desenfreado ao Crack Neto

Mas o Raw sempre tem o seu ponto alto, e essa semana tivemos nada mais nada menos que um podcast no meio do show, Bray Wyatt e Matt Hardy abriram o Google Hangouts com face cam e tudo e começaram a trocar ideia sobre o estado da WWE atualmente, em uma determinada parte do podcast o Wyatt fez uma piada com a má qualidade de seu microfone, dizendo pra Matt tirando o pau da orelha para escutar melhor, fazendo com o que esse último ficasse muito puto, ele então ameaçou deletar o canal, acabando com seu podcast, Wyatt fica com medo e logo muda de assunto, e propõe um momento REAGINDO A DEAN AMBROSE FUNNY MOMENTS 02 [WRESTLING REACT], dito e feito, os dois começam a rir feito uns condenados até o fim dos tempos. Brincadeiras a parte finalmente Matt está com seu personagem BROKEN, não pera, digo, #WOKEN, que basicamente pra quem não entendeu é como o Week War e Os Donos da Bola, é o ancapistão cada vez mais popular na sociedade. Então falando em kibe, esse podcast leva o ponto Week War Underground, que foi a grande inspiração para os nomezinhos nos pontos, e mesmo que o Wyatt não seja mais inspirador, é interessante ele ser a primeira feud do Matt Hardy com a gimmick, e vamos esperar que seja mais um personagem a fazer mais história.

Esse não é Hollywoodiano mas é um dos meus casos de assédio favoritos, José Mayer e seus "elogios" a figurinista da Rede Bobo colocaram o Brasil também nessa nova fase do modernismo mundial. Além de protagonizar com palavras do tipo "'como a sua cintura é fina', 'fico olhando a sua bundinha e imaginando seu peitinho', “você nunca vai dar para mim?'", o desgraçado ainda colocou a culpa no personagem que estava atuando em uma novela, isso sim é cair atirando, além de ser uma boa ideia para o Matt Hardy, se ele assassinar alguém pode colocar a culpa no seu personagem WOKEN.

Corinthians faz treino com 15 mil e torcida invade gramado em Itaquera
Shesaro vs. Ambrollins MMDC

Tivemos então uma reviravolta na trama quando chegamos no main event, todos os sinais do sim apontavam para uma vitória do Ambrollins, bom, pelo menos eu podia jurar que o Shesaro não passaria mais um dia com os títulos de tags, mas o que de fato aconteceu é que, pelo menos em partes, o Ambrollins venceu, então os sinais do sim estavam certos. E a luta ainda foi bem bacana, apesar de apenas ser mais do mesmo que vemos toda semana, é evidente que eles geralmente sempre fazem combates interessantes, o único problema agora vai ser essa mistura de feuds, já que o Samoa Joe e o Vacant invadiram o confronto, apenas me lembra do Miz fazendo parceria com o Shesaro, não é de hoje que eu odeio esse tipo de coisa. Mas pelo conjunto da obra merece o ponto episódio de HIMWM em que o Barney tá de terno, e só vamos esperar que o Batista retorne para feudar com o Cesaro e reconquistar a moral da nossa pátria.

Continuando o assunto, assim como Shesaro vs. Ambrollins se repetiu por várias vezes nesse século, as acusações de estupro ao Harvey Weinstein também parece não terminar nunca, ele é o grande campeão nesse quesito, e pode ser considerado como pai de todos os atores/produtores aqui presentes, não seria um exagero dizer que ele é o Fernandinho Beira Mar do abuso sexual, não tenho nem palavras pra dizer o que acho deste homem, e para não deixar o quadro com muitos palavrões é melhor eu nem encontra-las.

SMACKDOWN (05/12/17)

Bullying ocorre nada acontece feijoada
Uma amizade verdadeira incomoda muita gente

O SmackDown começou um pouquinho diferente depois de tomar um puxão de orelha na semana passada, dessa vez tivemos a melhor dupla do planeta denunciando os podres da vida capitalista no SD. Sami e Kevin botaram a boca no trombone e delataram tudo o que estava acontecendo de verdade, sobre como estavam sendo perseguidos por pensarem diferente, mostrando que não é só no lado vermelho que acontece uma ditadura. Shane apresenta suas armas: discurso reticente, novidade inconsistente e a liberdade cai por terra aos pés de um filme de Godard, chamando seu capataz Randy Orton, que também apresenta suas armas: escudos transparentes, cassetete, capacetes reluzentes e a determinação de manter tudo em seu lugar. Resultado, essa sociedade selvagem atacou Owens e deixou Sami em maus lençóis, indo contra qualquer direito trabalhista, essa é a real verdade da brand azul. Por um começo assim eu só preciso passar o recibo, leva o ponto "Kairi Hojo com a roupa do Babymetal!", que essa amizade do Sami com o Owens me encanta todos já sabem, mas mesmo assim temos revelações toda semana, quando será que essa dupla marchará ao palácio de Shane e lutará até a morte contra esses mencheviques? Há décadas em que nada acontece e há semanas em que décadas acontecem.

De fato ainda tem muitas coisas para descobrirmos nessa sociedade, Sami e Owens estão fazendo sua parte, eu a minha. Uma curiosidade um tanto quanto peculiar é que não é só homem que se da ao luxo de ser estuprador, as molieres também estão querendo aproveitar a nova moda, Mariah Carey que foi acusada de assédio pelo seu ex-segurança. E aí, você acredita? Será que estupro reverso realmente existe? Ou é como o racismo reverso? Apenas ficção. Pra mim essa é a prova de que para ser estuprado basta estar vivo.

Mais uma tag impossível sendo criada, o Shesaro do SD existe, o início de uma durável amizade
Aidev Anglo-Búlgaro vs. Novo Dia

E falando em revolução temos aqui uma dupla que também promete, Aiden English e Rusev já são automaticamente minha terceira tag favorita, foda-se o Shelton Benjamin e Chad Gable, minha torcida pelo título agora é exclusivamente única para esses lindos. E apesar da luta ter sido um pouco atrapalhada, o que importa é que essa tag em ascensão venceu, e confirmou o comparecimento no combate pelo cinturão no eterno Night of Champions, eu até ficaria puto aqui por uma tag recém criada ter vencido o New Day e semana passada o Gable Benjamin não, mas eu fiquei tão instigado com o Aidev que eu nem liguei, pra mim o Rusev e o Aiden podem ganhar o título em cima do meu pai que eu vou comemorar pra caralho, espero que essa tag dure pra sempre, mereceram tanto isso que o ponto vai ser eles mesmo, ponto Rusev e Aiden English na parada.

Esse é o momento que eu vou as lágrimas, não sei se conseguirei comentar sobre as falácias que dizem por aí sobre meu ídolo Woody Allen. Um dos melhores cineastas que já passaram por essa Terra está sendo acusado pela própria filha de estupro, e ainda essa última questiona o porquê desse semideus ser poupado. Eu simplesmente não posso aturar uma coisa dessas, coloquei abaixo do segmento do Rusev e do Aiden English justamente para equilibrar a minha dor. E antes que eu me esqueça, vá problematizar revolução de denuncias na puta que pariu. 

Confisco da Polícia Federal do estado do Acre
Wyatt Family sem Wyatt vs. ???

Já estava com saudades de lutares locais serem squashados violentamente como se não fossem humanos. Depois de serem os maiores responsáveis pelo fim do Hype Bros, os irmãos cassetete seguem em sua caminho de vitórias, eu não sei se eles serão uteis pra alguma coisa, como eu já falei nas edições anteriores a tag parece maneira, mas como sempre hateei o squash de lutares locais, vai ficar na média, leva o ponto meh.

Outra lenda é o grande Polanski, que protagonizou o caso de abuso com final feliz da nossa lista, que na verdade acabou sendo pedofilia, mas no fim todos viraram amigos e viveram felizes para sempre inclusive a vítima, Samantha Geimer que deve ter Geimido muito. Claro que todos perdoaram o senhor, afinal é totalmente justificável, já que ele perdeu sua esposa na época pra família Manson, então é como o sequestro do ônibus 174, um crime cometido por um crime sofrido é igual a anistia.

Pra sempre skate
Glorioso vs. Moto Club

E na mira do United States Champion, a feud entre Bobby Roode e Baron Corbin já parecia ser interessante, e agora com esse gás novo com o Ziggler parece ficar melhor ainda, mesmo parecendo que o Dolphão está com depressão. E a luta entre o Roode e o Corbin estava maneira, mas o dia era mesmo do Ziggler, que meteu o Zig Zag em geral e confirmou sua presença no combate pelo título, mostrando não ser a terceira força. Nem acredito que o Corbin finalmente está com o título e em uma feud boa, pode sair coisas bacanas daí, não sei se o Ziggler tem uma chance real ou se só está tipo time mexicano na Libertadores, mas o segmento foi maneiro e vai fechar com o ponto MTV, que sem dúvidas é o melhor ponto que eu já apliquei.

Também nos estupradores clássicos, temos o ícone Marlon Brando, com certeza não ninguém que desconheça do caso da manteiga no Último Tango em Paris, em que Marlon Brando abusou de Maria Schneider ao live na cena do filme, e com palavras do próprio diretor "Me sinto culpado, mas não me arrependo. Não queria que Maria atuasse a humilhação, o ódio, eu queria que ela sentisse a humilhação e o ódio. Então ela me odiou pelo resto da vida" pra você ver que a loucura é a coisa mais lúcida da sociedade.

Fala muito, fala muito
Charlotte vs. Tamina

A campeã Charlotte enfrentou uma zero a esquerda, que na verdade não sei nem porque esse combate aconteceu, apenas para alimentar o ego da Charlotte e fazer com que a falida Shield da Natalya apanhasse de uma caipira, enquanto a campeã mete o pé. A divisão feminina muitas vezes parecia estar jogadas as traças, não só no SD, mas com a chegada das Shields feministas fomos do inferno aos céus, mas parece que a brand azul tá querendo inovar pra pior, não sei porque diabos o combate no Night of Champion será uma Lumberjack Match, é como se o elenco das mulheres fosse enorme. Quase toda defesa de título das molieres do SD é entre 6 ou mais participantes, sempre exaltei aqui essa democracia e direito a oportunidades, por isso esperava algo do tipo pra fechar o ano, não sei se estão preparando algo especial pra esse combate, mas por esse segmento eu confesso que deu uma desanimada, então terei que pedir desculpas ao Riott Squad, mas infelizmente vai ficar com o ponto Brasileirão 2017.

Saindo dos casos clássicos, e chegando a um dos mais chocantes dessa onda, Melanie Martinez sendo acusada de estupro pela sua "ex-amiga", eu sei que eu acabei de mostrar outro caso de estupro com uma mulher culpada, mas esse aqui foi especial, afinal uma cantora desse novo movimento musical foi acusada, bugando os 'fandoms" de todos os jeitos. Que essa mina era escrotona acho que a maioria das pessoas já sabia, mas isso veio confirmar, não só da personalidade dela, mas de que o estupro vem se disseminando a ser o novo esconde esconde das gerações futuras.


Após vários assaltos a geladeira, a nutricionista de Owens toma uma decisão difícil, mas que é para o seu próprio bem
Sami Zayn vs. Randy Orton

Cada vez mais os nossos heróis Sami e Kevin expõem as falhas do capitalismo, e toda aquela história de liberdade vem se provando ser apenas propaganda enganosa. Dessa vez a brand azul conseguiu descer mais um nível e agir como se estivessemos na década de 70, Kevin Owens teve a experiencia de quem tanto sofreu em um DOI-CODI, ele foi algemado e acusado de terrorismo, mas Sami ainda precisava encarar a chamada polícia, ele tentou encarar frente a frente, mas como um bom black bloc Sami encontra um alicate e parte para salvar a vida de seu amigo. No fim das contas Orton conseguiu dar a vitória ao governo, mas os manifestantes não perdoaram, nesse momento é provável que Shane tenha acionado reforços de outros países, resultando na aparição de Nakamura, já posso imaginar a divida externa que esse milagre vai causar. Com militares japoneses não deu pra nossa dupla revolucionária, mas eles perderam a batalha, não a guerra. Essa feud está completamente fantástica, o Shane de special referre pro combate desses dois no PPV também já presume o tanto que ele vai apanhar como sempre, e agora com essa ameaça de demissão eu só consigo imaginar que a revolução está mais perto do que nunca, Marighella já ta pronto, o Plano Cohen já ta planejado, tanto que esse levará o ponto Luís Carlos Prestes, anauê.

Obviamente deixamos o melhor pro final, e claramente Kevin Spacey fez história em seus abusos, o cara foi tão especial que teve uma semana só pra ele em que todo dia era uma acusação diferente, e não obstante ainda disse que estava bêbado e confessou ser gay. Aparentemente os velhinhos preferem os meninos menores de idade, foi assim que começou a saga de Spacey, pelo menos agora ele diz estar buscando tratamento, pelos sintomas aparentemente ele é aprendiz de padre.



HERE IS YOUR WEEK WINNER:

kibei mais um abortinho kkkkkkkkkkk

Parece que vocês me xingarão o dobro essa semana, porque a vitória é novamente do Raw, os dois shows foram razoavelmente bons dessa vez, mas a brand vermelha foi exibida no meu aniversário então isso já foi um grande ponto positivo, e o SmackDown tomou algumas decisões erradas, e como o PPV deles está mais próximo eles tem que pagar caro. O Raw fez seu arroz com feijão, e ainda promete o velho novo personagem do Matt Hardy, e apesar da repetitividade da luta das tags eles ainda fazem um bom momento. O SD primeiramente não teve o Fashion Files, isso já deveria ser um ponto negativo automático, outra coisa que eu não comentei foi a promo do Mojo, no estilo Bátima saindo do Random Club. Espero que entendam a minha decisão, o perigo vermelho está cada vez mais me conquistando.

RAW 18 x 25 SMACKDOWN

E mais uma vez o quadro está saindo em um dia que não é sexta, dessa vez o glorioso NWO Fantasy foi postado, e aí eu não quis postar um em cima do outro pra não ofuscar o grande fantasy, nem é porque eu atrasei. Mas é basicamente isso, me perdoem se o quadro ficou um tanto quanto pesado, só pra reforçar, eu não compactuo com nenhuma prática de estupro e concordo que todos esses desgraçados merecem pagar pelo o que fizeram (menos o Woody Allen), essa edição foi como um episódio de Linha Direta, feito para caso você ver um rosto desses na rua ligar imediatamente para a polícia. Então vamos soltar uns fogos pela quadragésima edição e esperar até a semana que vem para a próxima. Fiquem em paz nesse mundo animal, e não esqueça de comentar me xingando a beça, valeu.

fala quem foi que tacou pedra no Japonês que eu vou até o inferno atrás do desgraçado

OOH YEAH!!!
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Twitter

11 comentários:

  1. Não sei se é essa a ideia do personagem, mas o Jason Jordan ta chato ultimamente, mas pelo menos eu curti muito a sua apresentação de moves. Desculpa, mas acho muita inocência acreditar que esses ataques do absolution não vão resultar em team face vs team heel. Quando eu soube que a nova gimmick do matt hardy se chamaria woken, a primeira coisa que eu pensei foi "wake up it`s feeding time" e como eu comentei no quadro do neto, essa é a chance de salvar a passagem dos hardys na wwe, mas acho que deviam segurar matt vs bray para a wrestlemania. Curti muito ambrollins vs shesaro no main event, mas tive muita vontade de me tornar gordofóbico, porque o samoa joe atrapalhou o meu ambrollins gratuitamente. Depois falam que existe meritocracia no comunismo.

    Confesso que fiquei incomodado quando eu vi o Aiden Bulgarian (acho que vou chamar a tag assim) derrotar o meu new day, mas pelo menos foi para fazer uma fatal 4 way no clash of champions e só não colocaram o breezango nessa luta, porque sabiam que eles squashar todo mundo. Eu achei que o Ziggler com aquele boné fez ele ficar mais parecido com HBK e eu achei BEM aleatório a adição dele na luta, mas eu vou gostar se ele ganhar, mesmo sendo a minha torcida sendo do roode. Eu acho que fizeram uma Luberjill match, porque realmente vai ter algo especial e esse algo deve ser o cash in da carmella. Foda-se a amizade verdadeira, o nakamorton precisa vencer no clash of champions para exilar definitivamente esses militantes do PSOL e fastar definitivamente o perigo vermelho do meu smackdown. Se bem que eu estou com uma forte impressão que alguem vai turnar nessa luta.

    Sobre o resultado, eu vou tenho que te xingar agora, porque eu concordo com a vitória do raw, pois o raw partiu mais pro ataque, mas o smackdown também foi bem nessa semana. Achei ótimo o formarto dessa semana, pois fica legal quando vc comenta os shows em ordem cronológica e ainda vc colocou as imagens temáticas com os pontos com nomes, reunindo os dois modelos raiz do quadro. Observvação: o caso do José Mayer veio atona antes dos de Hollywood, o que mostra o pioneirismo do Brasil #chupaEUA. Eu também fico me perguntando se colocasse os atores de hollywood junto com os padres, bugaria o abuso (hmm)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei muito bem o que vc quis dizer com "Jason Jordan ta chato ultimamente" pq pra mim ele sempre foi a coisa mais chata do Raw, apesar da apresentação solo. Isso é uma verdadeira desgraça, e vc ainda profanando essas frases ELES vão acabar escutando. HUHUAEHEAUHEAU pqp, sdds do Ryback, não sei se eu iria querer ver o Wyatt na WM novamente, mas não sei quem poderia fazer uma boa feud pra essa gimmick do Matt, ent acho q vai ter q ser ele msm. Ora, o Samoa Joe foi apenas dar aquele oi para seus amigos, tenho certeza q o Ambrollins tava chamando ele de chupeta de baleia nos bastidores.

      De fato estão fzd uma fatal 4 way justamente pra selecionar um adversário a altura pro breezango. Eu acharia bem top se o Ziggler vencesse, mesmo eu achando bem difícil, mas se ele estiver planejando virar o HBK acredito que ele vai se infiltrar na luta do AJ. Finalmente esse cash in da Carmella vai sair, eu nem lembrei disso na hr q escrevi a parte delas, mas desse PPV nao passa, se a Carmella n fizer o cash in, o James é viado. Eu tenho muito medo de q alguém turn e a amizade verdadeira fique ofuscada, pelo menos na fanfic o clash of champions termina com o Sami e o Owens vitoriosos e com eles fzd a revolução e se tornando os novos comissários e GMs.

      Porra qual canal, eu fiz de tudo pra manter a sequência de discordâncias mas parece q nunca é o suficiente, mas é vdd o Raw foi mais pau na mesa. Retomei o modelo clássico pensando em ti, desse jeito eu tbm acho q eu fico mais a vontade, além de ser bem raiz.
      Ótima observação, eu ouvi dzr q esses escândalos só veio a tona agora pq eles ficaram com inveja do José Mayer, oq mostra q o Zé deveria se tornar o embaixador do brasil nos usa. Eu acho q se isso acontecesse haveria uma espécie de esgrima(hmm). Vlw pelo comentário qual canal, vc é o cara.

      Excluir
  2. "Se nos anos 40 o Japão falhou em conquistar o mundo, parece que finalmente eles estão tendo uma nova oportunidade de transformar o mundo em um grande anime" - nunca uma frase fez tanto sentido hauaeuehuahauehauheue

    Fico feliz por ter feito esta edição tão especial do Week War com a minha recomendação, é uma grande honra. E foi mal por não ter comentado as últimas edições, mas prometo que de agora em diante voltarei a velha forma. Não tenho muito a comentar sobre os shows semanais, até porque eu quase nem presto muita atenção, o Week War está me doutrinando formando minha opinião sobre os shows semanais. Fiquei bem bolado com a traição da arrombada da Paige com a minha Foxy, não se agride uma rainha que usa uma boina de capitã.

    A parte do Ze Mayer me deixou pensativo, "cintura fina", seria ele fã dos Raimundos? Outra coisa que me deixou intrigado foi essa parte do estupro reverso, nunca debateram sobre isso e agora eu preciso de uma resposta, pois acho que também fui abusado pela beleza da Emma que destroçou meu coração. Sobre o SmackDown eu achei bem maneira a comparação com a ditadura e que também estou amando esta aliança entre Ruru e Aiden Mexican.

    Edição muito top, uma das minhas preferidas, acho do caralho essas analogias históricas se o Week War fosse o ENEM a nota 1000 seria pouco. E obrigado pelas citações ao Week War Underground e NWO Fantasy, ehtoissssss E FALTOU ME DAR CRÉDITO PELO MEME DO DEAN AMBROSE CARAIBO!!!!!kkj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc merecia ter cadeira cativa nessa edição especial já q também ajudou esse quadro a chegar na edição 40. Pra falar a verdade todos sabem q o q menos interessa no Week War é o raw e o smackdown, mas a doutrina vem forte. Aposto q a Foxy deixou a absolute espanca-la pra se vingar no Survivor Series do ano q vem.

      Oh não, o zé mayer só estava cantando e a vagabunda da funcionária entendeu errado. Isso na verdade é bem comum, eu até já estou com um processo na justiça contra a Becky, além de ter abusado ainda me esnobou, recomendo fazer o mesmo. Smackdown ta protagonizando as melhores amizades de todas.

      Muito obrigado pelos elogios Ferrão, eu tbm gosto pra carilho de fzr essas analogias históricas, fico feliz q sempre goste, e o Week War só n é o ENEM pq eu escrevo com moeda no bolso. Tudo q é bom precisa ser divulgado, mas fala aí seu número q eu coloco créditos kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  3. Essa galera de Hollywood gosta de estuprar mesmo heim, la eles estupram legal (menos o Woody Allen claro que é claramente inocente e a vitima esta apenas tentando ganhar atenção em cima de sua genialidade para filmes de comédia que quebram a quarta parede).

    Sobre o resultado eu concordo que o RAW foi melhor, os dois shows foram medianos, na vdd parece que a WWE inteira já entrou em clima de fim de ano, só cadenciando os shows e nem tentando fazer nada super espetacular, concordo com o argumento de que o Smackdown devia ser melhor já que esta com um PPV perto.

    GRANDE EDIÇÃO, estupro é que nem tropeçar no meio da rua, se não aconteceu pelo menos uma vez com vc ai vc não esta vivendo direito, pelo menos sempre se tem a desculpa de que vc estava bêbado, e a pessoa queria, e que vc é gay para te ajudar. 10/10 parça, digna de uma edição comemorativa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É aquele velho ditado: Pra entrar em Hollywood é teste do sofá pras meninas e teste do estupro pros meninos. Apenas o Woody Allen se salva dessa escória.

      Porra ninguém descordou de mim nessa desgraça de edição, a verdade é q a WWE já ta no clima da pelada time ousadia vs. time pedalada.

      É importante q se vc quiser viver a vida no limite, experimentando todas as sensações é necessário ser estuprado. Única desculpa possível é q a pessoa não pediu pra parar. Vlw pelo comentário bro

      Excluir
  4. Raw: Jordan tem que turnar logo em cima do Angle, ate lá pelo menos foi bom ver ele atacando o vacant, mas parece deslocado na feud do vacant e do Joe.
    Achei a Paige meio merda in ring nesse retorno, nem com a Sasha fez uma luta boa e botchou, mas a buceshield continua interessante.
    Balor perdidão no roster sempre é ponto negativo, ainda mais com feud com a miztourage sem o Miz.
    Matt se quebrando é engra, tudo envolvendo o Bray é triste, segmento estranho mas que pode dar em algo bom para o Matt e sepultar de vez a carreira do Bray.
    Shesaro ganhando melhor forma de fechar o Raw, ponto positivo.
    SD: Bryan e Shane vs Owens e Zayn tem sido uma boa feud e com muita tensão sobre o que Bryan vai fazer no fim vendo Shane cada vez mais autoritário e traindo os princípios da revolução.
    SD com varias tag team relevantes tentando aparecer, é mais do que hora de New Day e Usos saírem da rota pelos títulos.
    Divisão feminina ta uma merda, essa buceshield não convence com a punk de lider.
    Bom main event, não gostei de Nakamura e Orton se juntando, parece apenas que os dois tão perdidos no roster, a feud mesmo é com o Shane.
    Acho que essa semana era de empate, mas se fosse pra escolher concordo que o Raw merecia a vitoria por não ter tido fashion files.

    Esse quadro só mostrou que pra fazer sucesso em Hollywood tem que mamar pelo menos meia duzia de pintos circuncidados, e que coincidência quase todos os acusados serem judeus. (wary)

    ResponderExcluir
  5. Crack Neto Diz:

    Muito obrigado pela homenagem Bátima o que é uma baita de uma honra diga se de passagem e que por sinal esse quadro tá arrebentando a audiência igual o jogo aberto com a Renata Fan diga se de passagem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma honra dividir o horário nobre com vc Netão, e ser comparado com o jogo aberto me deixe lisonjeado, vamos transformar a NWO numa grande rede bandeirantes. Vlw pelo comentário Neto é nois.

      Excluir

NWO Nation | Todos direitos reservados © 2012-2018 Desenvolvido por: Ericki Chites